Notícias e Pesquisas

16 Mai 2017

Varejo de material de construção deve faturar R$ 154,5 bilhões em 2017

Maior volume de vendas do setor será para a classe B

O varejo de material de construção deve apresentar crescimento tímido neste ano. A estimativa do IBOPE Inteligência é que o setor irá disputar um mercado potencial de R$ 154,5 bilhões em 2017, um aumento de 2,3% em relação a 2016.

O segmento da população que representa o maior volume de consumo e vendas para o setor é a classe B. De acordo com o Pyxis Web, ferramenta de dimensionamento de mercado do IBOPE Inteligência, as famílias dessa classe serão responsáveis por 41% do faturamento do setor, o que representa R$ 64 bilhões. 

               

No nível municipal, a maior parte do mercado varejista de material de construção está em São Paulo, com participação de 9% (R$ 13,4 bilhões). Na sequência aparece o Rio de Janeiro (R$ 8,5 bilhões) e Brasília (R$ 3,7 bilhões).

O potencial de consumo citado neste material refere-se apenas ao consumo domiciliar, ou seja, às compras de pessoa física junto a varejistas do ramo e inclui compra de tintas e acessórios para pintura, material elétrico, material hidráulico, material básico, ferragens, madeiras, esquadrias, portas e batentes, pisos e revestimentos, metais para banheiro, luminárias e outros produtos para construção e reforma.

Sobre o Pyxis Web
O Pyxis Web é uma ferramenta online que pode ser acessada de qualquer computador com acesso a internet a partir de um login com usuário e senha. O sistema foi desenvolvido de forma que a experiência do usuário seja simples, intuitiva e as informações disponíveis sejam relevantes para análises e decisões estratégicas. A partir de um endereço comercial ou coordenada geográfica (latitude e longitude) é possível determinar a área a ser analisada, que pode ser definida por raio (km) ou polígono de acordo com o interesse do usuário. O Pyxis Consumo Web apresenta um conjunto selecionado de informações que são aquelas que realmente importam quando se precisa decidir sobre um ponto comercial. www.pyxisconsumo.com.br

COMENTÁRIOS