Notícias e Pesquisas

14 Abr 2015

Tweets citando presidente Dilma diminuem no protesto de abril

Os posts mencionando a manifestação caíram pela metade (de 122 mil para 59 mil).
Uma pesquisa do IBOPE DTM que avaliou os tweets sobre temas relacionados à política nas duas semanas que precederam as manifestações de março e abril (8 a 12 de março e 5 a 9 de abril) mostra que, comparando os dois períodos, o volume de tweets citando a presidente Dilma no segundo protesto caiu significativamente (de 684 mil para 217 mil), enquanto o volume de menções ao PT ficou no mesmo patamar (791 mil em março X 740 mil em abril).

Também houve uma queda no volume de tweets sobre impeachment (de 91 mil para 16 mil) e o aumento de publicações com interpretação positiva para a presidente: em março, a cada três tweets negativos um era positivo. Já em abril, a cada dois negativos, um era positivo. 

Nesse período, também é possível observar que os posts mencionando a manifestação caíram pela metade (de 122 mil para 59 mil), o que já levava a crer que a participação popular seria menor. 

Ao todo, observou-se um total de 1,4 milhão de tweets sobre assuntos políticos entre os dias 5 e 9 de abril, volume pouco abaixo dos 1,5 milhão registrados na semana anterior ao protesto de 15 de março.

Apesar da manifestação de 12 de abril, outros assuntos também tiveram destaque no Twitter: as hashtags mais citadas foram #PEC443 e #PEC82 e a postagem mais retweetada foi sobre o homem que soltou ratos no plenário durante a sessão da CPI da Petrobrás.