Notícias e Pesquisas

19 Set 2016

Rafael Greca amplia vantagem e Gustavo Fruet se isola em segundo lugar na disputa pela Prefeitura de Curitiba

A segunda pesquisa feita pelo IBOPE Inteligência para a RPCTV sobre a eleição municipal de Curitiba mostra Rafael Greca (PMN) na liderança da disputa com 45% das intenções de voto, registrando um crescimento de 17 pontos percentuais em relação ao obtido em agosto (tinha 28%). Gustavo Fruet (PDT) oscila 3 p.p. para baixo e tem 16% das intenções de voto (ante 19% na primeira rodada), isolando-se na segunda colocação. Já Requião Filho (PMDB), antes empatado com o atual prefeito, cai 8 p.p. e tem agora 8% das citações (mencionado por 16% em agosto). Os demais candidatos seguem estáveis na comparação com a rodada anterior, com oscilações dentro da margem de erro (que é de 3 p.p. para mais ou para menos): Ney Leprevost (PSD) e Maria Victoria (PP) têm 6% das menções, cada um (tinham 6% e 4%, respectivamente); Tadeu Veneri (PT) aparece com 4% das citações (eram 2%); Ademar Pereira (PROS) e Xênia Mello (PSOL) são mencionados por 1% dos eleitores, cada um – mesmo percentual de agosto; Afonso Rangel (PRP) não atinge 1% das intenções de voto. Aqueles que declaram intenção de votar em branco ou anular o voto são 9% e os que preferem não opinar a respeito somam 4% (em agosto, ambos os grupos de eleitores atingiam 11% cada um). A pesquisa foi realizada entre 15 e 18 de setembro.

Ainda não é possível afirmar se a eleição será definida em primeiro ou segundo turno.

Destaques por segmentos
- As intenções de voto em Rafael Greca crescem em todos os segmentos, sobretudo entre eleitores com ensino fundamental (de 28% para 49%) e aqueles com idade de 25 a 34 anos (de 22% para 45%). O ex-prefeito apresenta maior percentual de intenções de voto entre eleitores mais velhos (53%);

Embora sua oscilação negativa esteja dentro da margem de erro da pesquisa (3 p.p.) no conjunto do eleitorado, em alguns segmentos Gustavo Fruet apresenta decréscimo mais significativo em relação a agosto: eleitores com ensino médio (-10 p.p.), os de 16 a 24 anos (-9 p.p.) e entre aqueles com renda familiar mais elevada (-6 p.p.). Ainda assim, o segmento de renda familiar superior a 5 salários mínimos é um dos que o pedetista atinge seus maiores percentuais nesta rodada (21%), além dos eleitores mais velhos (20%) e os mais escolarizados (20%);

- Em relação a agosto, as declarações de voto em Requião Filho recuam principalmente entre eleitores com idade entre 45 e 54 anos (-12 p.p.), os que cursaram até o ensino fundamental (-11 p.p.), entre os homens e aqueles que possuem renda mais elevada (-10 p.p. em cada um). Na rodada atual, o candidato é mais citado entre eleitores de 16 a 24 anos  (13%);

- As intenções de voto nos demais candidatos não apresentam variações significativas entre as duas pesquisas, considerando os segmentos analisados.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Pesquisa eleitoral em Curitiba (JOB Nº 0560-2 | 2016)

Margem de erro

A MARGEM DE ERRO ESTIMADA É DE 3 PONTOS PERCENTUAIS PARA MAIS OU PARA MENOS SOBRE OS RESULTADOS ENCONTRADOS NO TOTAL DA AMOSTRA.

Tema

Administração pública

Eleições

Opinião pública

Contratante

PESQUISA CONTRATADA POR SOCIEDADE RÁDIO EMISSORA PARANAENSE S.A.

Período

15/09/2016 a 18/09/2016

Local

Brasil - Curitiba - PR

Amostra

FORAM ENTREVISTADOS 805 ELEITORES. NÍVEL DE CONFIANÇA UTILIZADO É DE 95%. ISSO QUER DIZER QUE HÁ UMA PROBABILIDADE DE 95% DE OS RESULTADOS RETRATAREM O ATUAL MOMENTO ELEITORAL.

Registro TRE/TSE

registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná sob o protocolo Nº PR-01610/2016.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Pesquisa completa