Notícias e Pesquisas

27 Set 2019

Popularidade de Bolsonaro mantém-se praticamente estável

O governo Jair Bolsonaro é avaliado como ruim ou péssimo por 34% da população brasileira, enquanto 32% o consideram regular e 31% ótimo ou bom. A pesquisa do IBOPE Inteligência realizada a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI) no mês de setembro, mostra que, na comparação com junho, última vez que essa pesquisa foi realizada, os percentuais apurados em setembro oscilam dentro da margem de erro de 2 pontos para cima e para baixo.


O estudo revela também que 55% não confiam no presidente (eram 51% em junho) e 50% desaprovam sua maneira de governar (48% na pesquisa anterior).

Ainda que a popularidade do presidente Jair Bolsonaro tenha se mantido praticamente estável na média do Brasil, há mudanças significativas em termos regionais. A popularidade cai nas regiões sudeste e sul, enquanto cresce no conjunto das regiões Norte e Centro-Oeste. A popularidade também se reduz entre os eleitores com renda familiar acima de dois salários mínimos e entre os residentes nas periferias das capitais.

Aprovação do governo por área de atuação

A insatisfação com o governo aumentou mais em relação às políticas e ações relativas ao meio ambiente, área em que a desaprovação sobe de 45% para 55% entre junho e setembro.

A desaprovação da atuação do governo no combate à fome e à pobreza passa de 51% em junho para 57% em setembro e a desaprovação no combate ao desemprego passa de 55% para 59% no mesmo período.

As áreas com os maiores níveis de desaprovação são impostos (62%) e taxa de juros (61%). O tema mais bem avaliado permanecesendo a segurança pública, com 51% de aprovação.

Noticiário

A percepção da população em relação às notícias sobre o governo oscila dentro da margem de erro da pesquisa entre junho e setembro. O percentual que avalia que as notícias são mais desfavoráveis ao governo passa de 45% para 43%, enquanto o percentual que avalia que as notícias são mais favoráveis passa de 20% para 18% nesse período.

As notícias sobre o governo mais lembradas pela população se referem ao meio ambiente. Entre os brasileiros, 22% lembraram de notícias com esse tema, considerando em conjunto as notícias sobre as queimadas da Amazônia, sobre a discussão entre os presidentes do Brasil e da França, sobre a suspensão de financiamento a projetos ambientais no Brasil e sobre meio ambiente de forma geral. O percentual agregado é menor que a simples soma dos percentuais das notícias, pois um mesmo entrevistado pode ter citado mais de uma notícia relacionada ao tema.

O segundo grupo de notícias mais lembrado pela população se refere à saúde do presidente Jair Bolsonaro. Considerando em conjunto os que lembraram de notícias sobre o presidente ter passado por nova cirurgia e notícias gerais sobre a saúde do presidente, 19% dos brasileiros lembraram de notícias com essa temática.

Notícias sobre a reforma da previdência foram lembradas por 5% dos brasileiros, enquanto 2% lembraram de notícias sobre a indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada dos Estados Unidos, sobre a liberação de posse de armas, sobre cortes em bolsas e pesquisa, sobre reforma tributária e sobre a liberação do FGTS.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Avaliação do governo federal

Margem de erro

2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra

Tema

Administração pública

CNI

Opinião pública

Contratante

CNI - Confederação Nacional da Indústria

Período

19/09/2019 a 22/09/2019

Local

Brasil

Amostra

Foram realizadas 2000 entrevistas em 126 municípios.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Avaliação do governo federal
Pesquisa completa