Notícias e Pesquisas

09 Out 2017

Pesquisa mapeia preferências de motoristas particulares via aplicativos em SP

Uma das maiores cidades do mundo, São Paulo, tornou-se um dos mais promissores mercados para o serviço de transporte particular via aplicativos. Com o crescimento, o segmento de “peer to peer” de transporte está se tornando cada vez mais importante para a economia da capital paulista. Hoje, existem inúmeras opções de apps atuando na cidade, com milhares de motoristas cadastrados, gerando renda em um momento de crise e desemprego no país. 

Por se tratar de algo novo, ainda existe uma série de questionamentos sobre essa atividade: “Como pensa este novo tipo de profissional? Quais as preferências na hora de escolher um aplicativo para trabalhar? Quais são os serviços adicionais que um aplicativo deve oferecer para atraí-los? Quais as melhores formas de receber o pagamento pelas corridas?” Para responder essas perguntas e definir o perfil dos motoristas particulares via aplicativo que atuam em São Paulo, o CONECTA foi às ruas ouvir esses profissionais. Segundo a pesquisa, o aplicativo 99 é preferido dos motoristas, aprovado por 45% dos entrevistados, seguido de Uber (32%) e Cabify (23%).

Quando questionados sobre os motivos pelos quais preferem o aplicativo da 99, o fato de possuir um melhor sistema de pagamento foi o principal apontamento. Para 79% dos entrevistados, o modelo adotado pela 99 é o mais eficiente, ante 51% que optaram pelo Cabify e 17% pelo Uber.

As taxas mais atrativas, que refletem em um valor maior de pagamento por corrida, também são pontos apontados como diferenciais que fazem com que os motoristas optem por um determinado aplicativo. A 99 novamente aparece em primeiro na preferência nos quesitos taxa mais atrativa (65%) e paga mais (52%). O Uber fica em segundo no ranking de taxa (19%) e terceiro no pagamento (18%), enquanto o Cabify fica em segundo no pagamento (30%) e terceiro na taxa (16%).

Outro recurso considerado importante pelos motoristas na hora de escolher o aplicativo que irão utilizar é a possibilidade de receber gorjeta, apontado como muito importante ou importante para 75% dos entrevistados. No quesito segurança, o principal apontamento dos motoristas (82%) é ter a possibilidade de desabilitar o pagamento em dinheiro em situações consideradas de risco.  

COMENTÁRIOS