Notícias e Pesquisas

19 Out 2017

Pesquisa em Rio Brilhante (MS)

O IBOPE Inteligência tomou conhecimento de que um entrevistador esteve no município de Rio Brilhante (MS) afirmando realizar uma pesquisa para o Ministério da Educação e que sua entrada nas unidades escolares da cidade foi negada pela Secretaria Municipal de Educação de Rio Brilhante.

Sobre esse ocorrido, o IBOPE Inteligência esclarece que:

- Não estamos realizando neste momento nenhuma pesquisa para o Ministério da Educação, mas sim para o Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (Nic.br), que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet do Brasil (Cgi.br).

- Essa pesquisa se chama TIC Educação (http://cetic.br/pesquisa/educacao/) e investiga o uso e a apropriação dos computadores e da internet em escolas públicas e privadas. Por esse motivo, um entrevistador foi enviado a Rio Brilhante (MS). Embora não seja realizada pelo MEC, a pesquisa recebe o apoio da instituição, e inclusive contamos com um ofício do Ministério que apresenta informações sobre a pesquisa. Antes das escolas serem visitadas, as secretarias de educação são informadas sobre a pesquisa pela UNDIME e o CONSED. Esse é o procedimento padrão, mas não temos como garantir que os comunicados da pesquisa foram recebidos pela secretaria da educação do município. Além disso, o IBOPE Inteligência entra em contato por telefone com as escolas para o agendamento prévio da visita.

- Embora a pesquisa tenha o apoio do MEC, ressaltamos que os entrevistadores do projeto não estão instruídos a mencionar que se trata de uma pesquisa para o Ministério da Educação, tampouco a atrelar a participação das escolas à participação em políticas públicas da instituição.

- Identificamos que a pessoa em questão é funcionário de um de nossos fornecedores (para alguns trabalhos, contamos com fornecedores parceiros em todo o território nacional. Os profissionais dos fornecedores são treinados e supervisionados por uma equipe do IBOPE Inteligência).

- Ao notificarmos o fornecedor do ocorrido, algumas ações foram tomadas. São elas:
  + O entrevistador em questão foi afastado e não realizará mais entrevistas para nenhum projeto do IBOPE Inteligência;
  + Todos os materiais coletados por esse entrevistador estão sendo verificados e, em caso de inconsistências, serão desconsiderados.

- O entrevistador, ao ser questionado sobre seu comportamento, diz que está arrependido do que fez, mas entendemos que essa ação não tem justificativa.

- O IBOPE Inteligência ressalta que esse comportamento não deve ser adotado por nenhum de seus colaboradores ou por colaboradores de outras empresas que prestam serviço para nós.


O IBOPE Inteligência lamenta o transtorno.

COMENTÁRIOS