Notícias e Pesquisas

06 Set 2018

No Rio Grande do Sul, Sartori mantém liderança, mas vantagem sobre os segundos colocados diminui

Nova pesquisa realizada no Rio Grande do Sul aponta crescimento das intenções de voto em José Ivo Sartori (MDB), que chega a 25%, contra 19% na primeira rodada divulgada em agosto. O atual Governador mantém a liderança, mas diminui a diferença sobre os segundos colocados Eduardo Leite, do PSDB, que sobe de 8% para 18% e Miguel Rossetto, do PT, que cresce de 8% para 14% das menções; Leite e Rossetto se encontram tecnicamente empatados considerando a margem de erro da pesquisa que é de 3 pontos percentuais (p.p.).  Jairo Jorge, do PDT, é citado por 8% dos eleitores gaúchos (eram 6% da rodada anterior). Os demais candidatos registram até 3% nesta rodada e oscilam no máximo 1 p.p. Aqueles que têm intenção de votar em branco ou nulo totalizam 14% (eram 28% na última pesquisa), mesmo percentual daqueles que não sabem ou não opinam (14%, eram 22%).  A pesquisa foi realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido da RBS.

Destaques por segmentos
- Sartori recebe mais menções entre os homens (31%), entre os eleitores nas faixas de renda familiar acima de 2 até 5 salários mínimos (SM) e acima de 5 SM (32% em cada faixa, tendo crescido 9 p.p. e 10 p.p. respectivamente).  Além disso o atual governador também é mais citado entre quem cursou até a 4ª série do ensino Fundamental (31%, 10 p.p. a mais que em agosto).

- Eduardo Leite cresce em todos os segmentos, mas principalmente entre as mulheres (13 p.p. e vai a 22% das menções), mesmo crescimento e percentual atual dos eleitores com ensino Médio e dos eleitores de outras religiões que não católicos ou evangélicos. Destaca-se também entre os mais jovens (cresce 13 p.p. e vai a 22%).

- As menções a Rossetto também apresentam crescimento em todos os segmentos analisados, com destaque para observado entre quem tem até a 4ª série do Fundamental e entre os evangélicos: 9 p.p. em relação à pesquisa de agosto.

- As intenções de voto em Jairo Jorge são mais frequentes em municípios da Periferia (15%) e entre os eleitores de 45 a 55 anos (14%).

- Os demais candidatos apresentam intenções de voto distribuídas de maneira homogênea nos segmentos analisados.


Senador
Na disputa pelas duas vagas de Senador pelo Rio Grande do Sul, José Fogaça (MDB) e Paulo Paim (PT) continuam empatados, com 33% e 31% das intenções de voto, respectivamente (na pesquisa de agosto cada um tinha 27%). Beto Albuquerque, do PSB, vai de 15% para 17%. Os demais candidatos registram até 8% das menções, tendo oscilado dentro da margem de erro em comparação à pesquisa anterior. Os eleitores indecisos são 46% (eram 55% em agosto) enquanto os que têm a intenção de votar em branco ou anular o voto são 37%, dos quais 17% da primeira vaga e 20% da segunda (totalizavam 42% na pesquisa anterior).

Considerando que nesta eleição existem duas vagas para o senado, nesta pergunta a soma dos percentuais atinge 200%, uma vez que as pessoas entrevistadas têm a possibilidade de escolher dois nomes.


Presidente
Sobre a disputa para a Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) lidera a disputa com 26% das menções (eram 23% em agosto). Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) registram 9% cada (sendo que Ciro fica estável e Haddad cresce 5 p.p.), enquanto Marina Silva, da REDE, cai 5 p.p. e registra agora 8% das intenções de voto.  Os demais candidatos registram até 6% com oscilação dentro da margem de erro em relação à pesquisa passada. Eleitores que intentam votar em branco ou nulo caem de 22% para 16% e os indecisos somam os mesmos 14% da rodada passada. Nesta pergunta um disco com o nome dos candidatos é apresentado ao entrevistado.

 

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Intenção de voto no Rio Grande do Sul

Margem de erro

a margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

Administração pública

Eleições

Opinião pública

Contratante

pesquisa contratada por RBS PARTICIPAÇÕES SA.

Período

03/09/2018 a 05/09/2018

Local

Brasil - RS

Amostra

foram entrevistados 1.008 votantes. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Registro TRE/TSE

registrada no Tribunal Regional Eleitoral do estado do Rio Grande do Sul sob o protocolo Nº RS-04704/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo Nº BR-06240/2018.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Pesquisa completa