Notícias e Pesquisas

07 Jul 2017

Fluxo de pessoas em shoppings fica estável em junho

No mês de junho, os 517 shoppings brasileiros receberam um volume de 286 milhões de visitas. Esse volume é praticamente idêntico ao registrado em junho de 2016, com uma variação de apenas 0,02%, como mostra o Iflux – índice que mede a atividade comercial em shopping, desenvolvido pelo IBOPE Inteligência e pela Mais Fluxo. 

       

A análise por tipo de shopping (perfil e competitividade) mostra que a estagnação foi geral: todos os grupos ficaram com variação muito próxima de zero.

       

Até abril, o indicador apontava para uma possível recuperação do setor, mas as delações da JBS jogaram um verdadeiro balde de água fria no consumidor, que novamente está se retraindo.

No resultado por região, o Iflux é calculado para três mercados: São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. Nos três casos, os resultados são bastante diferentes.

São Paulo segue a média nacional e fica estável em junho; Rio de Janeiro registra queda de 4% mantendo a tendência negativa observada desde o começo do ano; e Recife tem alta expressiva de 12%.

Uma análise mais detalhada dos shoppings de Recife mostra que todos apresentam resultado positivo no período. O motivo para esse comportamento tão diferente em relação ao restante do país pode estar nas ações de marketing desenvolvidas pelos shoppings que estão apostando fortemente na realização de eventos para atrair os consumidores.

      

Sobre o Iflux
O Indicador de Fluxo em Shopping Center é desenvolvido pelas empresas IBOPE Inteligência, que conta com uma unidade de negócios especializada em shopping center, e Mais Fluxo, especializada em contagem eletrônica de fluxo de consumidores. 

COMENTÁRIOS