Notícias e Pesquisas

11 Ago 2014

Consumo em São Paulo deve alcançar R$ 470 bilhões em 2014

?O estado concentra 27% das empresas ativas do país, quase 22% da população brasileira.
O consumo das famílias paulistas deve crescer 6% em 2014, atingindo R$ 470 bilhões. Este valor representa 28% da demanda de consumo do Brasil nas categorias monitoradas pelo Pyxis Consumo, ferramenta de dimensionamento de mercado do IBOPE Inteligência.  Isso significa que cada habitante do estado gastará R$ 11.150,00, em média, no ano.
 
Os principais gastos dos moradores do estado serão com alimentação e bebidas (26%), automóvel particular (18%), vestuário e calçados (11%) e material de construção (7%).
 
A classe B é a principal consumidora, responsável por quase metade de toda a demanda do estado: R$ 216 bilhões. A outra parcela é composta, em sua maioria, pelas classes C e A, com 35% e 15%, respectivamente. As classes D e E ainda têm uma participação pequena no consumo. Juntas, representam apenas 4% do total.
Mercados em expansão
O estado de São Paulo concentra, em sua maioria, cidades de pequeno porte. Excluindo as cidades que compõem a Região Metropolitana de São Paulo, o estado conta com apenas 25 municípios com mais de 120 mil habitantes.
 
Entre esses mercados estão cidades com crescimento populacional e econômico acima da média nacional, como Atibaia, Jundiaí e Taubaté.
 
O estado também concentra 27% das empresas ativas do país, quase 22% da população brasileira, e ocupa o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) na região Sudeste e a segunda posição no ranking nacional, ficando atrás apenas do Distrito Federal.
 


COMENTÁRIOS