Notícias e Pesquisas

23 Nov 2018

Consumidores ainda mais otimistas em novembro

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC), medido pelo IBOPE Inteligência para a Confederação da Indústria (CNI), apresenta seu quinto aumento consecutivo, alcançando 113,6 pontos em novembro. O indicador registra aumento de 2,7% em relação a outubro e está 5,8 pontos acima da média histórica de 107,8 pontos. É o maior valor registrado desde janeiro de 2014.

Todos os componentes do INEC crescem em relação ao último mês, à exceção de compras de bens de maior valor, que mostra uma retração de meio ponto. O componente de expectativa de inflação é o que mais cresce (8,6% pontos em relação a outubro), indicando que o consumidor está otimista com relação à evolução de preços nos próximos seis meses. A expectativa em relação ao desemprego aparece em segundo lugar entre os componentes que mais cresceram, seguido de renda pessoal. Mas os consumidores ainda mostram insegurança em relação à situação financeira, cujo indicador permanece praticamente estagnado na comparação mensal.

Em relação ao mesmo período do ano passado, o INEC supera em 12,5% o valor registrado. O único componente que está abaixo do nível em que estava há doze meses é o de compras de bens de maior valor. Os demais componentes estão significativamente mais elevados, revelando um otimismo para os próximos seis meses.

 

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Índice Nacional de Expectativa do Consumidor

Margem de erro

2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

CNI

Varejo

Contratante

CNI - Confederação Nacional da Indústria

Período

08/11/2018 a 12/11/2018

Local

Brasil

Amostra

2002 entrevistas em 142 municípios.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
INEC Novembro 2018
Pesquisa completa