Notícias e Pesquisas

02 Ago 2018

Confiança do consumidor se recupera

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) registra 101,6 pontos em julho, um crescimento de 3,4% na comparação com o mês anterior. A melhora da confiança do consumidor reverte parcialmente a queda observada em junho, de 3,8%, e eleva o índice em 2,1% além do registrado em julho de 2017. Não obstante, mesmo com o crescimento, o indicador de julho é 0,6% inferior ao registrado em maio. Nota-se ainda, que o INEC encontra-se 5,7% abaixo de sua média histórica, ou seja, em patamar baixo, indicando pouca confiança do consumidor.

Em maior ou menor grau, o aumento do pessimismo verificado no mês passado entre os componentes do INEC se dissipou em julho. Ainda assim, os índices expectativa de inflação, expectativa de própria renda e situação financeira seguem inferiores ao registrado em maio. 

Os componentes do INEC, em sua maioria, passam a registrar melhora na comparação com o mesmo período de 2017. A exceção é o índice de expectativa de inflação: identifica-se um recuo de 1,1% em 12 meses.

 

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

ÍNDICE NACIONAL DE EXPECTATIVA DO CONSUMIDOR (INEC)

Margem de erro

A margem de erro máxima estimada é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

CNI

INEC (Índice Nacional de Expectativa do Consumidor)

Opinião pública

Contratante

CNI - CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA.

Período

19/07/2018 a 23/07/2018

Local

Brasil

Amostra

Foram realizadas 2002 entrevistas em 141 municípios. 

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
INEC julho de 2018
Pesquisa completa

COMENTÁRIOS