Notícias e Pesquisas

31 Mai 2017

Confiança do consumidor recua 2,7% em maio

A confiança do consumidor volta a cair. O INEC de maio registra 100,6 pontos, uma queda de 2,7% na comparação com abril. Desde o início do ano a confiança alterna variações positivas e negativas, mas as últimas duas quedas (março e maio) foram mais fortes que os dois últimos crescimentos (fevereiro e abril). Com o resultado de maio, o INEC completa 12 meses oscilando na faixa entre 100 e 105 pontos.

Com a queda de maio, o INEC também registra recuo na comparação em 12 meses, o que não acontecia desde maio de 2016. O índice é 4,4% inferior ao registrado em maio de 2016 e encontra-se 7,3% abaixo de sua média histórica. A queda da confiança do consumidor para um nível inferior ao de 2016 aumenta a preocupação sobre a evolução da demanda de consumo para os próximos meses e, consequentemente, para a atividade econômica.

A maioria dos componentes do INEC registra queda na comparação mensal, exceto o índice de compras de maior valor. Os maiores recuos foram registrados nos índices de endividamento e expectativa de própria renda, o que revela maior endividamento e maior pessimismo com relação à evolução futura da renda.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

INEC

Margem de erro

2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Tema

CNI

INEC (Índice Nacional de Expectativa do Consumidor)

Opinião pública

Contratante

CNI - Confederação Nacional da Indústria.

Período

18/05/2017 a 22/05/2017

Local

Brasil

Amostra

2002 entrevistas em 142 municípios.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Relatório de tabelas
INEC

COMENTÁRIOS