Notícias e Pesquisas

04 Abr 2017

Confiança do consumidor cai em março

A recuperação do otimismo do consumidor identificada nos dois primeiros meses do ano não se sustentou em março. O INEC (Índice Nacional de Expectativa do Consumidor) para o mês registra 102 pontos, recuo de 2,3% na comparação com fevereiro de 2017. Na comparação com março de 2016, contudo, o índice mostra crescimento de 4,5%. Mesmo com esse aumento, o índice encontra-se 6,1% abaixo da sua média histórica.

Entre os componentes do INEC, somente o índice de endividamento apresenta melhora na comparação mensal, ainda assim modesta, de 0,4%. Apesar dessa melhora, esse índice também permanece em patamar 5,9% abaixo da série histórica.

O restante dos componentes do INEC apresentam queda na comparação mensal, em especial o índice de expectativa de inflação, 6,9% menor. Esse recuo indica maior preocupação do consumidor com a inflação (o percentual de entrevistados que esperam aumento nos preços cresceu). Com exceção do índice de compras de bens de maior valor, os demais seguem consideravelmente abaixo de suas respectivas médias históricas. Nessa comparação, o principal destaque é o índice de situação financeira, 13,9% abaixo da série histórica.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

INEC - Índice Nacional de Expectativa do Consumidor

Margem de erro

2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

CNI

INEC (Índice Nacional de Expectativa do Consumidor)

Opinião pública

Contratante

CNI - Confederação Nacional da Indústria

Período

16/03/2017 a 19/03/2017

Local

Brasil

Amostra

2000 entrevistas em 126 municípios.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
INEC Março 2017
Pesquisa completa

COMENTÁRIOS