Notícias e Pesquisas

24 Abr 2019

Avaliação positiva de Jair Bolsonaro permanece estável em abril; avaliação negativa continua em tendência de crescimento

O percentual dos que avaliam o governo do presidente Jair Bolsonaro como ótimo ou bom se mantém praticamente inalterado em relação ao mês de março, conforme mostra pesquisa do IBOPE Inteligência realizada a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Nesse período, o percentual oscila de 34% para 35%, dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Vale lembrar que em janeiro, 49% avaliavam o governo como ótimo ou bom, e em fevereiro, 39%. Por outro lado, o percentual dos que avaliam a gestão de Bolsonaro como ruim ou péssima mantém a tendência de crescimento observada desde janeiro e passa para 27% da população (eram 11% em janeiro, 19% em fevereiro e 24% em março). Neste mês, 31% avaliam o governo como regular, um recuo de 3 pontos percentuais em relação a março.

O percentual de aprovação da maneira de governar do presidente continua no mesmo patamar do mês anterior: 51%. O percentual de desaprovação sobe dentro da margem de erro da pesquisa: de 38% em março para 40% neste mês.

No que diz respeito à confiança dos brasileiros no presidente, praticamente não há mudança em relação a março. O percentual dos que confiam no presidente somam 51%, variação dentro da margem de erro na comparação com o mês anterior (49% - eram 62% em janeiro e 55% em fevereiro). O mesmo ocorre com aqueles que não confiam no presidente: são 45% em abril contra 44% de março (30% em janeiro e 38% em fevereiro).

Aprovação do governo por área de atuação
As áreas de atuação do governo melhor avaliadas são segurança pública, educação e meio ambiente. Todas com o percentual de aprovação significativamente superior ao de desaprovação. Note-se que no caso da segurança pública, mais da metade da população aprova as ações e políticas do governo.

As áreas piores avaliadas são taxa de juros e impostos. Em ambas, mais da metade da população desaprova as ações e políticas do governo para as respectivas áreas.

Noticiário
Para 39% dos entrevistados, o noticiário recente tem sido mais desfavorável ao governo Jair Bolsonaro, enquanto 23% consideram que tem sido mais favorável. As notícias sobre o governo mais lembradas pela população se referem à Reforma da Previdência e às viagens do presidente Jair Bolsonaro. O tema Reforma da Previdência foi lembrado por 15% dos entrevistados. Com relação às viagens do presidente, 12% citam pelo menos uma das viagens. As mais lembradas foram as viagens para Israel, citadas por 7% dos entrevistados e para os Estados Unidos, citadas por 3%. Outros temas que apareceram com destaque foram o Ministério da Educação (demissões e mudança do ministro), preço dos combustíveis, 13º para o Bolsa Família e políticas e ações de segurança pública.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Avaliação do governo federal - abril

Margem de erro

2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

Administração pública

CNI

Opinião pública

Contratante

CNI - Confederação Nacional da Indústria

Período

12/04/2019 a 15/04/2019

Local

Brasil

Amostra

2000 entrevistas em 126 municípios. A pesquisa é realizada com eleitores de 16 anos ou mais

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Avaliação do governo federal - Abril - Pesquisa completa
Apresentação
Avaliação do governo federal - abril