Notícias e Pesquisas

23 Fev 2016

65% dos brasileiros são a favor da reforma da Previdência Social

, 81% dos brasileiros são contrários ao aumento da idade mínima necessária para dar entrada na aposentadoria

Pesquisa do IBOPE Inteligência realizada entre os dias 13 e 17 de fevereiro revela que 65% da população é a favor da reforma da Previdência Social. Os que são contra somam 28%.

Dentre as medidas que estão sendo discutidas sobre esse assunto, 66% são a favor de considerar a mesma regra de aposentadoria para trabalhadores do campo e trabalhadores da cidade, inclusive os funcionários públicos (30% são contra), e 60% são favoráveis a estabelecer que homens e mulheres tenham a mesma idade para se aposentar (37% são contra). Entre as mulheres, 58% concordam com essa medida.

Por outro lado, 81% dos brasileiros são contrários ao aumento da idade mínima necessária para dar entrada na aposentadoria (17% são a favor).

Impostos – Outra medida discutida pela sociedade para reequilibrar as contas públicas e garantir o dinheiro necessário para pagamento das aposentadorias no futuro é a de aumentar os impostos, mas sem alterar as regras para aposentadoria. Questionados se preferem essa solução ou a alteração das regras para se aposentar, 55% dos brasileiros preferem a mudança nas regras enquanto só 20% apoiam o aumento dos impostos. Há ainda 19% que não concordam com nenhuma dessas alternativas.

Sobre a pesquisa
A pesquisa ouviu 2.002 pessoas com 16 anos ou mais em 142 municípios, entre os dias 13 e 17 de fevereiro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa

Conhecimento e percepção dos brasileiros sobre uma possível nova Reforma da Previdência

Margem de erro

2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Tema

Administração pública

Opinião pública

Contratante

IBOPE Inteligência

Período

13/02/2016 a 17/02/2016

Local

Brasil

Amostra

2002 entrevistas em 142 municípios.

ARQUIVO(S) PARA DOWNLOAD
Download do relatório